01/09/2016 - 04/09/2016 // 10:00 - 20:00

Rudolfo Quintas

Instalacao sonora

"INHABITED SOUNDSCAPES

Rudolfo Quintas // INTERIOR DA CASA DE FRESCO

 

 

> Em teoria o som que produzimos numa sala continua para sempre porque as partículas nunca param. Apenas deixamos de ouvir.  Dissipa-se a energia. Nesta instalação habita-se o espaço através do som,  como que sons fantasma construídos com a energia dos corpos vivos que nos colocam em permanência num lugar.

Concepção: Rudolfo Quintas.

Colaboração Sonora: Mário da Motta-Veiga.

Rudolfo Quintas é um artista e investigador português que desenvolve projetos multidisciplinares no âmbito das artes digitais. Desde o final da década de 90 cria instalações audiovisuais, performances e peças de software no cruzamento entre arte, design, tecnologia e ciência. O seu trabalho explora processos interativos, implicando a participação do público que se faz co-criador, numa dinâmica de interação intuitiva e afectiva em ambientes, situações ou relações formalmente depuradas e minimais, cuja composição é determinada por estratégias de equilíbrio subtil entre fluxos de controlo e aleatoriedade.

Realizou várias residências artísticas e leccionou internacionalmente em diversas ‘talks’ e workshops de artes digitais. Em Portugal leccionou na Escola Superior de Arte e Design das Caldas da Rainha e na Universidade da Beira Interior. Quintas apresentou o seu trabalho internacionalmente em galerias e festivais entre os quais o Transmediale (Berlim), Dox Galery & ENTER (Praga) , Fundació "La Caixa" (Barcelona), La Casa Encendida (Madrid), Moozak Festival / Media Opera ( Viena), entre outros espaços. Foi premiado com o aclamado prémio Transmediale Distinction Award do festival Transmediale em Berlim. O seu trabalho está editado em publicações de especialidade como a Performance Research (Routledge), NIME – New Interfaces for Musical Expression e edições de arte como a “Younger Than Jesus : Artist Directory “ co – editado pelo New Museum New York e Phaidon Press, projeto que propõe documentar os melhores artistas, a nível mundial, com menos de 33 anos.

Atualmente, Rudolfo Quintas é doutorando em Média Arte Digital na UAb/UALg, e investigador colaborador do CIAC. Em Março de 2015 decorreu a sua primeira exposição individual em Lisboa, produzida pela Artech Internacional, co-produzida pela Universidade de Harvard e co-financiada pela DGartes. <

 

WEBSITE

cargocollective.com/rudolfoQuintas